• Perimetral de Itatiba

    A Perimetral de Itatiba garantirá uma ligação para as rodovias Eng. Constâncio Cintra (SP-360) e Romildo Prado (SP-063) com a rodovia D. Pedro I, a partir do trevo de Louveira, e irá contribuir para a retirada do tráfego de veículos pesados da área urbana do município.

    A construção da Perimetral está orçada em R$ 146 milhões (base Julho/2021). A primeira etapa das obras foi iniciada em março/2018 e está concluída. Já em novembro/2019, a Rota das Bandeiras iniciou a segunda etapa dos trabalhos, que contempla um trecho com cerca de 6 km de extensão, do trevo de Louveira, no entroncamento com as rodovias Eng. Constâncio Cintra (SP-360) e Romildo Prado (SP-063), até as imediações do km 23 da rodovia Luciano Consoline (SP-063). 

    No momento, as equipes a serviço da Concessionária executam trabalhos de terraplenagem, drenagem superficial, pavimentação das novas pistas, encaixe das novas pistas com as obras de arte construídas, além da construção da base do Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU) e de duas balanças móveis, uma em cada sentido da rodovia. A Rota das Bandeiras prevê que a segunda etapa das obras da Perimetral de Itatiba será concluída no primeiro semestre de 2022. Já a terceira e última etapa das obras tem cerca de 1,5km de extensão e se encontra em fase de licenciamento ambiental.

    Responsabilidade Ambiental
    Para garantir o início das obras, a Concessionária Rota das Bandeiras realizou Estudo de Impacto Ambiental (EIA-RIMA), ouviu a comunidade em que a rodovia está inserida e, neste momento, busca as aprovações necessárias da Cetesb (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental ) e do Consema (Conselho Estadual do Meio Ambiente), ambos ligados à Secretaria do Meio Ambiente do Governo do Estado.

    Todas as obras executadas pela Concessionária respeitam rigorosamente as leis ambientais e visam contribuir para a recuperação e recomposição da flora e fauna do Corredor Dom Pedro. As obras também utilizam técnicas que valorizam o meio ambiente, como água de reúso.

    Para ter acesso ao conteúdo do Relatório de Impacto ao Meio Ambiente da obra, clique aqui

    Topo
    • compartilhe:
    • Compartilhar